Resenha: A Redoma de Vidro

25.7.16 Cuca Literária 0 Comentários



Livro: A Redoma de Vidro
Autora: Sylvia Plath
Editora: Folha de S. Paulo
Número de Páginas: 240
Ano da edição: 2016

Sinopse: Único romance de Sylvia Plath (1932-1963), que se suicidou um mês após sua publicação, A redoma de vidro é um misto de ficção e autobiografia. Como a autora, também a protagonista é depressiva e suicida, embora sua história e personalidade sejam diferentes. Por isso mesmo, o romance é também uma representação simbólica de mulheres de classe média que, na década de 1950, tinham pouco acesso a informações, a rupturas sociais e morais e à liberdade sexual, causando, entre outras coisas, estados de transtorno mental. O tratamento com choques elétricos, recebido por Esther Greenwood, é só uma das faces do problema, ainda atual, de enfrentamento dos distúrbios psiquiátricos.
Com humor, coloquialidade, ironia e agilidade, acompanhamos a jornada de uma escritora jovem e bonita, convidada a passar um mês como correspondente de uma revista de moda em Nova York, em meio a jantares fúteis, festas de coluna social e amizades fugazes, entre as quais ela se sente inútil e amplamente deslocada. Conhecida como poeta, Sylvia Plath revela-se aqui como uma romancista que faz com que o leitor, como se ele também submetido a uma redoma de vidro, perca o fôlego e se sinta tão aprisionado quanto a própria Esther Greenwood. Noemi Jaffe Escritora e crítica literária
A Coleção Folha Grandes Nomes da Literatura traz ao público 28 ilustres autores da literatura mundial cujos clássicos marcaram gerações de leitores. Entre eles estão Machado de Assis, Fernando Pessoa, Eça de Queirós, Oscar Wilde, Virginia Woolf, Joseph Conrad, Tolstói e outros renomados autores.


Resumo da obra

 Escrito em 1961, A Redoma de Vidro narra a história de Esther Greenwood, uma jovem inteligente, modesta, e que constantemente era vista como a "boa moça". Esther sempre foi uma aluna bastante aplicada: tirava as melhores notas, ia bem em todas as matérias da faculdade (até mesmo naquelas em que a jovem não gostava), o que acabou lhe rendendo um estágio em uma revista de moda super badalada em Nova York, onde mais tarde seria a sua nova morada durante o período de um mês. 

 Apesar do ambiente descontraído, rodeado de festas, desfiles e grandes agitos, Esther não conseguia se socializar, tampouco estabelecer laços de amizade, devido a desconfiança que ela possuía em relação as pessoas que tentavam se aproximar, o que acabou por conduzir a jovem a situação de isolamento. 

 No término do estágio, a jovem retorna para casa. Ela começa a apresentar sinais de depressão quando demonstra não sentir mais ânimo para voltar às aulas na faculdade, procurar alguma atividade para se preencher, encontrar os poucos e antigos amigos. Não suportando mais a pressão exercida pela mãe, que desconhecia a gravidade da situação, Esther sofre uma recaída, na qual tenta suicídio, e acaba sendo levada para uma clínica psiquiátrica. 

 Após a passagem por duas clínicas, nas quais a jovem é submetida a procedimentos traumáticos, Esther finalmente consegue encontrar confiança em alguém: ela passa a confiar na sua médica responsável. 


Minha opinião

  Este livro trata de um assunto sensível, mas ao mesmo tempo, importante de ser debatido. Quando fui me aprofundar mais sobre o mesmo, descobri que ele se tratava de uma obra autobiográfica de Sylvia Plath, entretanto, nem tudo descrito nele pode ser tomado como algo que realmente fazia parte da personalidade da autora, ou que na realidade aconteceu, pois alguns elementos foram acrescentados para enaltecer ainda mais a narrativa. 

 Outro fato que me chamou muito a atenção foi saber que Sylvia se suicidou um mês após a publicação do livro A Redoma de Vidro. 

 A obra é contada de uma forma muito poética, o que acaba por apresentar sinais de tristeza, melancolia, mas apesar disso, ela se torna uma história forte e tocante. Sylvia consegue explorar com certa profundidade o tema da depressão, nos levando a reflexão sobre vários aspectos da nossa vida, e também, somos convidados a conhecer e desvendar os pensamentos mais íntimos dessa grande escritora.


Classificação:


Onde comprar

Folha - Grandes Nomes da Literatura


Veja também:

0 comentários: